Conheça os mitos da segurança eletrônica

Atualmente, o noticiário tem comentado muito sobre o aumento dos assaltos e roubos, tanto nas empresas como em residências. Por conta desse fato nada agradável, cresce a busca por recursos para combater a criminalidade.

A tecnologia é uma grande aliada quando o assunto é o uso de ferramentas de segurança eletrônica. Apesar de contribuir bastante com a segurança de empresas ou residências, surgem boatos sobre mitos e verdades relacionados a esse estilo de monitoramento.

Para ajudar a tirar essas dúvidas, preparamos informações precisas sobre o assunto tratado. Confira logo abaixo.

Os equipamentos têm um custo acessível: verdade

Os custos dos sistemas de monitoramento eletrônico são bem acessíveis ao bolso do consumidor em geral. É possível comprar pacotes com diversos preços, desde os mais simples aos mais completos, com tecnologias e recursos mais avançados.

Minha empresa não tem nada de alto valor que chame a atenção: mito

Alguns empresários não conseguem perceber que esse tipo de pensamento não passa de mito. A instalação de equipamentos para monitorar a sua empresa é de grande importância, mesmo que não seja necessário acionar as câmeras e os controles. A certeza que se tem é de que, dessa forma, o seu negócio estará livre de perdas e danos pela presença de segurança.

Manusear os equipamentos é difícil: mito

O sistema não é difícil de operar, e podem ser manuseados até mesmo por meio de tablets, smartphones ou desktops. No ato da instalação os técnicos passam todas as orientações precisas. Basta, apenas, prestar atenção e tudo sairá de acordo com as instruções.

O manual é muito extenso: mito

Quanto ao manual, não há necessidade de se preocupar com o seu conteúdo, pois as orientações contidas nele levam menos tempo para serem assimiladas do que se imagina.

Porém, vale lembrar que é muito importante guardá-lo em um lugar de fácil acesso e que todos possam se lembrar de onde encontrá-lo no caso de qualquer emergência.

É possível funcionar sem o uso de internet ou sem a energia elétrica: verdade

Com os avanços tecnológicos, hoje, alguns equipamentos vêm adaptados com backup de bateria ou GSM/rádio. Sendo assim, na falta de energia, os alarmes são disparados no mesmo instante.

Quanto à falta de internet, existem os que possuem o sistema de gravação que permite armazenar todas as imagens no servidor, que libera todas elas assim que a conexão retornar.

A instalação é muito demorada: mito

O tempo de instalação vai depender do tamanho da empresa e do modelo do sistema. Por exemplo, se for o alarme de intrusão com câmeras de monitoramento poderá ser concluído em pouco tempo.

Tenho o seguro, então não preciso de um sistema de monitoramento: mito

Diversas empresas acreditam nesse mito. É preciso levar em conta que o seguro dá cobertura somente de bens como mobília, computadores, entre outros, mas nunca às suas informações pessoais e de seus clientes. A implantação do sistema de monitoramento é justamente para evitar a ação dos malfeitores.

Toda empresa é passível de erros de segurança, e com isso tanto ela como todos que nela trabalham ficam vulneráveis e à mercê dos bandidos, sem contar os danos e prejuízos causados por eles.

O ideal é contratar uma ótima empresa de segurança que seja responsável e instalar os equipamentos de monitoramento em sua organização. Assim, os erros de segurança que sua empresa não pode cometer realmente ficarão bem distantes.

A Generall é uma empresa de segurança especializada nos melhores equipamentos de segurança eletrônica e conta com equipes capacitadas para a implantação dos sistemas de monitoramento. Conheça o blog da Generall e confira os melhores conteúdos criados especialmente para você!



Deixe uma resposta

Empresa Sustentável Empresa Sustentável - Somos uma Empresa que se preocupa com o meio ambiente.

EnglishPortuguese