Curiosidades Generall

Entenda como funciona o colete à prova de balas

Esse material, também conhecido como colete balístico, é um artefato militar ou policial que protege seus utilizadores contra projéteis, ou seja, balas de revólver, ou então destroços militares.

No Brasil, quem realiza a regulamentação do comércio do colete à prova de balas é o Exército, que segue os padrões estabelecidos pelo Instituto Nacional de Justiça dos Estados Unidos (NIJ). Ao todo, existem seis níveis de proteção dos coletes – os dois mais resistentes, que protege seus usuários até mesmo de tiros de armas de grosso calibre, como os fuzis, só podem ser comprados mediante prévia autorização da Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados (DFPC).

Se você tem interesse em saber mais informações sobre esse material, utilizado principalmente em vigilância patrimonial armada e escolta armada, confira abaixo:

– O colete balístico contém uma extensa rede de fibras que absorvem e dispersam o impacto de um projétil. Dessa forma, esse equipamento acaba sendo uma ótima alternativa para uma empresa de segurança privada que trabalha especificamente com escolta armada e outros serviços do tipo.

– Os modelos de colete à prova de balas mais resistentes são bastante pesados e, por esse motivo, devem ser usados apenas em operações muito especiais e também de curta duração.

– Vale ressaltar que existem diversos tipos de materiais que podem ser utilizados na fabricação de um colete balístico. Sendo assim, cabe à empresa de segurança qual deles o mais adequado para o serviço de vigilância patrimonial armada. Confira os principais:

Kevlar: essa fibra orgânica se destaca por ser leve e flexível, e além disso chega a ser cinco vezes mais resistentes que o aço, não sendo inflamável e nem apresentando alteração quando submerso na água.

Spectra: já essa fibra de polietileno oferece a maior relação resistência/peso do mundo. Esse material é usado até mesmo na produção de capacetes automotivos.

Vectran: cinco vezes mais forte que o aço e dez vezes mais forte que o alumínio, esse material feito de poliéster já ganhou fama por sua estabilidade química, térmica e alta resistência.

Bioaço: considerado um dos materiais do futuro para os coletes balísticos, o bioaço é produzido com a proteína do leite de cabras modificado geneticamente e se destaca por sua alta resistência.

Depois de acessar essas informações, que tal conferir mais detalhes sobre vigilância patrimonial armada e outros assuntos relativos à segurança?

A Generall, empresa de segurança privada, conta com profissionais capacitados para realizar serviços como escolta armada, portaria, entre outros. Com mais de 15 anos no mercado, a companhia pode te ajudar a proteger seu patrimônio com vigilantes e seguranças treinados e devidamente certificados de acordo com a legislação vigente.

Para conhecer mais, acesse agora mesmo o portal da empresa de segurança privada Generall.

Tags

Generall

Com mais de 20 anos de experiência, nossos valores estão pautados na transparência dos relacionamentos, nas boas práticas organizacionais e na garantia do cumprimento das promessas de eficiência e de qualidade de nossos produtos e serviços. Buscamos incansavelmente o equilíbrio entre os aspectos social, ambiental e econômico, respeitando as pessoas, a sociedade e o meio ambiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conheça a origem da empresa de segurança privada no Brasil

Qual o papel do cão de guarda na segurança patrimonial?